Mana se toca! Chegou outubro!

Você conhece seu corpo de olhos fechados? Lembra de cada detalhe para descrever? E se um médico te perguntasse se você notou algo de diferente nas mamas, o que você diria? Se nesse momento você olhou para baixo e ficou em dúvida, saiba que você não está sozinha!

A maioria das mulheres conhecem o auto-exame das mamas, porém menos de 1/3 delas realiza-o mensalmente. Essa palpação das mamas é importante para a mulher conhecer sua mama, a forma, densidade, marcas, manchas e pintas, diferença de volume, e se identificar alguma anormalidade procurar um medico antes da rotina anual.

O INCA ainda aconselha que as mulheres façam o auto exame de frente para o espelho, no banho ou em outra hora que se sentirem mais a vontade com o corpo, sem se importar com técnica ou periodicidade.

Mas o que realmente precisamos nos tocar é de que o auto-exame não exclui a necessidade de um exame físico realizado por um médico e dos exames anuais de imagem a partir dos 40 anos, ou seja, a mamografia é o único exame de rastreamento para o câncer de mama e que detecta estágios iniciais e lesões precursoras.

A OMS (organizacao mundial de saúde) recomenda que 70% das mulheres de um país realizem a mamografia anualmente a partir dos 40 anos, porém no Brasil esse número em 2018 chegou perto dos 24%, muito abaixo do recomendado.

O outubro rosa veio para isso, conscientizar as mulheres dessa importância e dar ênfase no rastreamento e no auto cuidado! Se cuide, cuide das mulheres proximas de você. Mulheres são mais fortes quando unidas, se não chegou seu momento de fazer mamografia, não deixe de incentivar a próxima a se cuidar!

Deixe um comentário